Blog

Maria Bonita - O tradicional Forró do nordeste

by on 01 Agosto

     A recifense conhecida como Maria Bonita tem intimidade com o forró desde cedo. Acostumada a frequentar casas de show quando criança, acompanhada da sua mãe, ela foi à Feira de São Cristovão, no Rio de Janeiro aos 11 anos. A partir daí, Maria conheceu Luiz Gonzaga, seu conterrâneo. “Quando via ele tocando eu ficava olhando e pensando que queria muito uma sanfona e ele disse que um dia me ensinaria a tocar. De tanto pedir, ele arrancou a sanfona do braço e me deu. Nunca me esqueci disso.” Conta a artista, que guarda o instrumento com carinho até hoje.

     Ainda jovem, ela veio morar no Rio de Janeiro, quando seu pai, militar, foi transferido para a cidade. Aos 21 anos, passou a comandar um forró em Mangaratiba, local onde seu pai tinha uma casa de veraneio, e assim ganhou popularidade. Era o começo da realização do sonho de ter um forró arretado, igual aos do Nordeste, em terras cariocas.

     Para Itaguaí, ela veio disposta a organizar uma festa de peão e boiadeiro, como fez em Mangaratiba, mas mudou-se de vez, com forró e tudo. “A cidade é muito parecida comigo: muda o tempo todo”, brincou Maria Bonita. O nome utilizado por Maria Barbosa foi uma homenagem a mulher de Lampião, que segundo sua mãe, era sua prima de terceiro grau.

     No início achavam a casa cafona, mas quando a artista trouxe atrações renomadas do forró para Itaguaí, as pessoas passaram a gostar e a respeitar seu trabalho. O sucesso da casa deve-se, sobretudo, ao vasto conhecimento do estilo e da cultura nordestina que Maria possui.

     O point tornou-se tão famoso que mais uma vez foi incluido no na programação oficial de aniversário da cidade. “O forró Maria Bonita já é uma tradição, os espaços próximos a nossa tenda são os mais procurados na festa”, festeja ela. E assim essa nordestina arretada continua levantando fortemente a bandeira do forró e principalmente a cultura nordestina na cidade.

     Durante a Expo 2013 diversas bandas se apresentaram na lona do Forró Maria Bonita, são elas: Desejo Mortal, Beijo Apimentado, Luizinho dos Teclados, Balança e Mexe, Remelexo, Safadões do Forró e Maria Cecília Assunção que colocou o povo para ferver na expo.

 

Fonte: Revista NoStilo, edição nº 39, pág.24
Texto: Isabela Teodoro, Fotos: Vinicius e Cristina Lins